20dez
Em: 20/12/2017

Macaé, um dos municípios que sofre o maior impacto da indústria do petróleo, será contemplada com novos investimentos em segurança pública. A informação foi passada pelo deputado estadual Christino Áureo, secretário licenciado da Casa Civil, durante reunião com o Comandante Geral da Polícia Militar Wolney Dias e com o Comandante do 32° Batalhão da Polícia Militar Marco Aurélio Ciarlini Guarabyra Vollmer. Para Christino Áureo, os recursos do Fundo de Segurança Pública e Desenvolvimento Social (FISED), aprovado na Alerj, e regulamentado na tarde desta terça-feira(19), tem que contemplar a segurança de Macaé, região produtora que vem alcançando indicadores de violência acima da média dos municípios do interior.
Ele acrescenta que a iniciativa irá melhorar não só a segurança de Macaé, mas também Rio das Ostras, Conceição de Macabu, Carapebus, Quissamã e Casimiro de Abreu, todos atendidos pelo Batalhão.

– O Fundo de segurança é uma emenda constitucional que destina 5 % dos royalties do pré-sal para segurança publica, sendo que 25% deste recurso irão para projetos sociais. Assim poderemos avançar nas políticas públicas necessárias para melhorar esse segmento em todo estado. Lutamos muito para implantação desta iniciativa que garantirá recursos para o maior problema do nosso estado, que afeta a vida de milhares de famílias e prejudica o desenvolvimento. Hoje, com esta reunião com comando da polícia em Macaé e Região, traçamos algumas ações importantes para serem implantadas já no início do ano. A principal será a já anunciada inauguração dos DPOs de Glicério e Barra do Furado, mas também a reforma da unidade de Córrego do Ouro. – afirmou Christino Aureo. .

Antes da aprovação do PL, os deputados já haviam aprovado a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) para a criação do FISED na última semana. Wolney Dias destacou que reconhece a importância do 32° Batalhão, e sabe que necessita de investimentos na segurança de Macaé e região.

– Fizemos um alinhamento para que as demandas do batalhão sejam canalizadas de forma mais direta e célere. A reunião foi importante para criarmos um canal direto devido a importância do batalhão. Algumas ações já poderemos adiantar no início do ano, mas com a criação do fundo teremos mais tranquilidade e autonomia, sabendo que existe a dotação prevista para investimentos em segurança – afirmou.

Para o comandante Volnner, Macaé se destaca pela mancha criminal expressiva no interior do estado e conta com muitas demandas semelhantes as do grande Rio.