News

Christino e Osmar Terra planejam aumento do Bolsa Família no Estado do Rio

O governo do Estado do Rio de Janeiro está definindo ações, coordenadas pela Casa Civil, para incluir iniciativas de cunho social às operações da área de Segurança nas comunidades da capital fluminense. Hoje (11/08) o ministro doDesenvolvimento Social e Agrário, Osmar Terra, anunciou ao secretário de Estado da Casa Civil e Desenvolvimento Econômico, Christino Áureo, um aumento temporário dos recursos do programa Bolsa Família no Estado, especificamente para um número limitado de famílias que tenham jovens em situação de risco.

O aumento dos recursos do Bolsa Família no Rio deverá totalizar cerca de R$ 20 milhões em 2017 e R$ 72 milhões no ano que vem, sendo que o Ministério ainda avalia como será efetuado o repasse. Christino Áureo explica que o governo estadual tem como objetivo ampliar as ações sociais, deflagradas simultaneamente às ações de Segurança, para a  Região Metropolitana e o interior do Estado.

– A ideia é ampliar as ações para além da capital do Rio, envolvendo também municípios da Baixada Fluminense  e a zona leste da Região Metropolitana, que envolve principalmente São Gonçalo – explicou o secretário.

O secretário, que participou da reunião com o ministro junto com os secretários Gustavo Tutuca (Ciência, Tecnologia, Inovação e Desenvolvimento Social) e Luiz Antônio Teixeira (Saúde) e o ministro da Saúde, Ricardo Barros, disse que já está definido que as ações terão como público alvo as famílias contempladas pelo Bolsa Família no Estado, que vão contar com iniciativas adicionais, como tratamento de dependentes químicos.

– Estamos aprimorando, nas áreas de saúde e assistência social, ações visando o tratamento de dependentes químicos, porque não há sentido atuações específicas em comunidades que são tradicionalmente dominadas pelo tráfico de drogas e sem uma resposta na recuperação de dependentes.

O ministro Osmar Terra salientou que a integração com o governo do Estado será crucial para que as ações que estão sendo definidas pelo governo federal sejam bem sucedidas. Segundo ele, o objetivo é que a ampliação dos recursos do Bolsa Família beneficie cerca de 50 mil jovens.

– O governo do Estado, que conhece a realidade e já tem programas sociais em andamento. A mesma coisa será na área social, todas as iniciativas vão buscar reforçar as ações do estado, em parceria com o governo estadual e os municípios.