News

Estado quita hoje salários de maio e junho e amanhã, os de julho

Valor total a ser depositado hoje e amanhã é de R$ 1,84 bilhão

 

A Secretaria de Estado de Fazenda quita, nesta segunda-feira (14/8), os vencimentos pendentes de maio e junho para todos os servidores ativos, inativos e pensionistas que ainda não receberam os vencimentos integrais.  Já os salários de julho para todo o funcionalismo e pensionistas serão quitados amanhã (15/8). O valor total a ser depositado pelo Estado será de R$ 1,84 bilhão, incluindo também os 50% restantes dos salários de julho da área de Segurança, que estão sendo pagos nesta segunda-feira (14/8).

Os depósitos estavam previstos para a próxima sexta-feira (18/8) e foram antecipados. De acordo com o contrato assinado, na última sexta-feira (11/8), com o Bradesco, vencedor da licitação da gestão da folha de pagamento do funcionalismo, o banco teria cinco dias úteis para depositar R$ 1,3 bilhão referente à venda.

– A regularização dos salários dos servidores e pensionistas é urgente, prioridade máxima, e conseguimos encurtar o prazo de depósito – afirmou o governador Luiz Fernando Pezão.

Para o secretário da Casa Civil e Desenvolvimento Econômico, Christino Áureo, a surpresa positiva com a liquidação das Folhas de pagamento de maio, junho e julho até esta terça-feira (15) representa uma vitória.

– Nós tínhamos a perspectiva de colocar a folha em dia só com a homologação do plano de Recuperação Fiscal com o Governo Federal. A medida que tivemos sucesso com outras ações, como a venda da folha para o Bradesco, conseguimos acertar o cronograma. No conjunto tenho a certeza que esta nuvem que afetou as finanças do governo está se dissipando. A partir de agora, acreditamos que  manteremos os pagamentos em dia e com assinatura do reajuste fiscal e outras ações poderemos pagar o 13º dos servidores.

Valores pendentes de maio e junho somam R$ 836,7 milhões e julho, R$ 620 milhões, além dos R$ 383,18 milhões referentes aos 50% restantes do pagamento de julho dos ativos, inativos e aposentados da Segurança – Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros, Administração Penitenciária e órgãos vinculados. A primeira parcela, de 50% dos salários desse grupo, foi paga antecipadamente pela Secretaria de Fazenda na última sexta-feira (11/8), quando também foi quitado o pagamento de julho dos servidores ativos da Educação e Degase.

Todos os pagamentos ocorrerão ao longo do dia, mesmo após o término do expediente bancário.