06jul
Em: 06/07/2018
O polo de moda íntima de Nova Friburgo continua sendo o que mais emprega trabalhadores no município, que absorve uma mão de obra de 20 mil pessoas, sendo 8 mil trabalhos diretos e 12 mil indiretos. 25% que é consumido no país vêm do município. Em seguida vem o setor metal-mecânico que gera outros 3.700 empregos. Durante participação da FEVEST, um dos mais importantes eventos de moda do nosso Estado, o deputado Christino Áureo destacou o reconhecimento do segmento com a aprovação da Lei da Moda, que garante incentivos ao setor até 2032. Com a redução de imposto, o segmento está mais competitivo.
– Aprovamos na Alerj essa legislação tão importante para a economia do nosso estado.  Além da chamada Lei da Moda, que reduz a alíquota de ICMS de 20% para 3,5%, também contamos com a Lei 4.178, que reduz a base de cálculo do imposto na proporção de 33,33% nas operações de saídas internas, de forma que a incidência resulte no percentual de 12% – ressaltou o parlamentar a lideranças do setor comercial e outros.
A Fevest é a mais importante feira brasileira do setor de moda íntima, praia, fitness e matéria-prima. É também o principal evento de negócios de Nova Friburgo. Durante os dias de feira, visitantes de todo o país têm a oportunidade de conhecer e realizar negócios em mais de 100 estandes de indústrias de confecção, matéria-prima, serviço e tecnologia do polo de moda íntima de Nova Friburgo.
Voltada para empresários, compradores, fornecedores e entidades ligadas à cadeia têxtil, a Fevest tem se mostrado um evento lançador de moda e tendências para todo o mercado brasileiro. A feira oferece oportunidade para que empresários do ramo da moda íntima de todo o país divulguem seus produtos e troquem informações e experiências.
Realizada anualmente para lançar a coleção Primavera-Verão, a feira tem uma trajetória de sucesso que inclui a presença de celebridades, importantes jornalistas, grandes compradores e ações criativas de divulgação. Durante a abertura estiveram presentes a primeira dama, Maria Lucia Horta, prefeito Renato Bravo, vereadores Alcir Fonseca, Joelson do Pote,  Dulce e Sergio Louback além de representantes do Sebrae, Firjan, e Fecomercio.
De acordo com dados da organização, o Polo de Moda Íntima de Nova Friburgo e Região possui hoje cerca de 1.000 confecções. A maior quantidade de lojas do setor está concentrada nos Circuitos de Olaria e Ponte da Saudade. As confecções, de pequeno, médio e grande porte, estão espalhadas pelos bairros da cidade e pelos municípios que ficam em seu entorno.
Aproveitando a presença de segmentos importantes, o deputado Christino Áureo lembrou ainda sobre o impacto e as oportunidades que a retomada das obras do Comperj oferecerá para toda a região e para o país. O Estado vem mostrando cada vez mais que está retomando os investimentos nos mais importantes setores.
– Tivemos na última semana acompanhando o desenrolar da negociação com a ANP da retomada dos campos maduros de exploração de petróleo, beneficiando Macaé e em toda orla petroleira. Isso vai impulsionar o setor, gerando mais emprego e melhorando a economia – afirmou Christino Áureo.