15mar
Em: 15/03/2019

Os Aeroportos de Macaé (RJ) e de Vitória (ES) foram leiloados nesta sexta-feira (15/03) durante a 5ª rodada de concessão de aeroportos realizada pela Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC). A empresa suíça Zurich venceu o leilão com uma proposta de R$ 437 milhões, que devem ser pagos a União no momento da assinatura do contrato. O bloco de aeroportos do sudeste recebeu quatro propostas, e a Zurich venceu com ágio expressivo entre os blocos leiloados pela ANAC. O valor oferecido foi 830,15% maior do que o lance mínimo, de R$ 47 milhões.

O deputado Christino Áureo acompanha a preparação deste leilão há anos,em 2018 uma ação judicial quase retirou o aeroporto de Macaé do bloco do Sudeste, mas o trabalho do deputado foi fundamental para garantir a permanência do aeroporto de Macaé no certame.

– Foi muito importante o fato de no ano passado, ainda no governo anterior, conseguirmos manter o aeroporto de Macaé dentro deste lote, nós levamos um grupo de empresários, aqueles que defendem Macaé, para um encontro com o Presidente da República, para garantir que o aeroporto de Macaé fosse mantido no lote. Outra boa notícia é que a operadora que ganhou o leilão, tem uma tradição também no turismo, com vai diversificar a ação no aeroporto de Macaé, não só como base de operação para o pólo petroleiro, mas também buscando interagir no turismo. Disse o deputado.

 

Instituições ressaltam o trabalho do deputado Christino Áureo

Representantes de instituições de Macaé e Região comemoraram o resultado do leilão, o Presidente da Associação Brasileira de Serviços do Petróleo (ABESPetro), Gilson Coelho, disse que a participação do deputado Christino foi fundamental para garantir este resultado.
– Quando houve a possibilidade do aeroporto de Macaé ficar fora do Bloco Sudeste, nós procuramos o deputado Christino Áureo, e ele teve uma participação decisiva fazendo reuniões com o Governo do Estado e com o Governo Federal, onde pudemos mostrar a importância do aeroporto de Macaé para a nossa região e para o Brasil. Nós já ficamos sem voos neste aeroporto e vimos o quando foi complicado para as empresas do setor de petróleo. Agora nós olhamos com bons olhos para este momento que estamos vivendo.

Guilherme Abreu, representantes do Macaé Convention e Visitors Bureau, disse que ficou feliz com o resultado do leilão, principalmente pela operadora que arrematou o bloco Sudeste.

– A minha felicidade maior é porque a Zurich tem uma expertise de turism. Os aeroportos que ela administra são em destinos turísticos conhecidos do Brasil, como o de Fortaleza. Com este leilão, eu acredito que ainda em 2019, com o aeroporto em funcionamento, a gente vai ter um crescimento de 60% no turismo de Macaé e Região. E eu não posso deixar de ressaltar a importância do deputado Christino Áureo neste trabalho. Desde a primeira reunião até garantir que o aeroporto de Macaé fosse mantido no Bloco Sudeste.

Evandro Esteves, Coordenador da Comissão Municipal da Firjan de Macaé, disse que este é um momento de crescimento de Macaé e Região, e o sucesso do leilão do aeroporto de Macaé mostra a importância da região para o Brasil.

– Nós estamos cada vez mais focando na área do turismo, e o aeroporto de Macaé é fundamental para o crescimento de toda a região. Esse era um dos gargalos que a gente tinha para o desenvolvimento de Macaé. Agora, graças ao trabalho do deputado Christino Áureo, a gente pode se aproximar cada vez mais do poder público e garantir outras conquistas para Macaé e região.