21mar
Em: 21/03/2020

Agricultores, micro e pequenas empresas terão dívidas prorrogadas por 60 dias

Nesta semana, o deputado federal Christino Áureo (PP-RJ) participou de uma vídeo conferência na sede do Banco do Brasil, em Brasília, com o presidente e vice-presidente executivo da Federação Brasileira de Bancos (Febraban), Murilo Portugal e Isaac Sidney Menezes Ferreira, para tratar de assuntos ligados às medidas de prorrogação de pagamento de dívidas para agricultura – com foco na agricultura familiar – e também das micro e pequenas empresas. Na ocasião, Christino conversou também com o vice-presidente de governo e agronegócios do Banco do Brasil, João Pinto Rabelo Junior.

– O vice-presidente me assegurou que o Banco do Brasil estará baixando as normas relativas à prorrogação por 60 dias de todos os vencimentos de dívidas que estejam em dia, o mesmo deverá acontecer com outros bancos. Eu pleiteei que sejam atendidos também aqueles que estão inadimplentes ou com débitos renegociados anteriormente. Os produtores vêm passando por várias dificuldades e as pessoas que tem dívidas vencidas, já estão naturalmente em dificuldades, e a crise do coronavírus agrava a situação. Ele me informou que o pleito será levado ao conselho diretor do banco na próxima semana.

Como membro da Frente Parlamentar da Agricultura (FPA) no Congresso Nacional, o deputado vem lutando por um tratamento justo à classe produtora fluminense e de todo o país. Nesta semana, o deputado participou ainda de conferência com o secretário estadual de Agricultura Marcelo Queiroz e a Presidente da Emater-Rio, Stella Romanos.

– Estamos buscando identificar rapidamente a situação na qual se encontram os produtores de todos os segmentos do nosso Estado. Nosso objetivo é prestar socorro a todos, com ênfase aos floricultores que irão sofrer mais com a crise. Os agricultores sofrerão muito com esta crise e os floricultores ainda mais, pois o mercado deverá ficar praticamente desaparecido – avalia.

O deputado tem conversado ainda com o Ministério da Economia para obter apoio direto aos agricultores.