29set
Em: 29/09/2019

Neste domingo (29), comemoramos o Dia Mundial do Petróleo. A data foi instituída para destacar a importância de um dos principais recursos naturais do planeta, que foi responsável por promover cidadania a muitos municípios probres, mas que causa grandes impactos sociais e ambientais.

Para o deputado federal Christino Áureo (PP-RJ), que preside a Frente Parlamentar do Petróleo e Energias Renováveis, na Câmara, o Dia Mundial do Petróleo é um dia de reflexão.

– Se por um lado, o petróleo tem dinamizado a economia mundial, nos últimos 100 anos, por outro, ele pode ser o grande catalisador de novas fontes de energias renováveis. Nosso país tem que utilizar essa riqueza de forma consciente, para colhermos os frutos no futuro. O recurso tem que ser investido em educação, saúde e bem estar social. Sou de um município típico de exploração do petróleo, com ele houve muito crescimento econômico, muitos empregos, mas atraiu inúmeras pessoas do país todo para dar conta da atividade. Portanto, o Norte Fluminense, saiu de uma situação de probreza, mas recebeu inúmeros migrantes a busca de moradia, saúde e educação. Por essa razão, temos que refletir muito – afirma o deputado.

Na Freper, Christino vem defendendo mais recursos para estados e municípios produtores, na Comissão de Minas e Energia, uma melhor exploração do gás nautural, e vem articulando para que os recursos do bônus do megaleilão do petróleo, sejam distribuidos de forma justa para estados produtores.

– Não podemos ter um modelo de riqueza no mar e miséria na terra. Precisamos distribuir essa receita de maneira justa, e uma das formas de fazer isso é reconhecer o direito do estado do Rio e dos demais produtores de petróleo: royalties; as participações especiais, enfim, as condições necessárias para mantermos o equilíbrio ambiental e social dos estados e municípios que produzem petróleo – explicou Christino.